Infecção hospitalar

Infecções em sítio cirúrgico têm elevado impacto econômico para os hospitais

OMS aponta para o elevado impacto das infecções em sítio cirúrgico, mesmo em países desenvolvidos.

Segundo publicação recente da Organização Mundial da Saúde (2016), as infecções de ferida cirúrgica são aquelas que melhor refletem a baixa qualidade da assistência hospitalar e provocam significativos impactos na morbidade, na mortalidade e nos custos. Nos EUA, a avaliação de dados de uma amostragem de 3.654 hospitais relatou a ocorrência de 20.916 casos de infecção de ferida cirúrgica em aproximadamente 2,4 milhões de procedimentos cirúrgicos efetuados em 2014. Estudo, elaborado com dados do ano 2005, foi empreendido pelo US Nationwide Inpatient Sample, revelando que as infecções de ferida cirúrgica implicaram em um prolongamento de 9,7 dias de internação, a um custo de US$20.842 por caso, em média.1

Publicação disponível em:

http://www.who.int/gpsc/ssi-prevention-guidelines/en/

(1) World Health Organization. Global Guidelines for the Prevention of Surgical Site Infection [Internet]. Global Guidelines for the prevention of Surgical site infection. 2016 [cited 2017 Jun 16]. p. 1–185.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *